Sou Preta Sim – por Karla AgreSilva Alves

Sou Preta sim

Esconderam minha história por, em vão, querer ver em mim escrava

Como se preta livre nesse estado fosse crime

Não me deram espelhos

E na luz que encandeia meu passado

Juntei cacos de uma identidade amputada.

Catei símbolos, festas e loas

E me refiz

Sou Preta sim

A marca negra na aquarela laureada

E não sou sua

Para que se atreva a me arrancar o chão

E pôr minhas raízes aonde supõe minha origem.

Sou Preta sim

Mantenho meus pés infincados na natureza firme de minha negritude de onde brotarão flores e frutos dessa terra ressequida, jamais morta

femini-na-mente-negra

Ventre livre que rompe e continua o itinerário consciente de nossa afirmação.

Somos todas negras em ação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s